segunda-feira, 30 de março de 2009

A POESIA DE PAULA RAPOSO.

Paula Raposo é uma portuguesa que escreve com muito sentimento. Um dos poemas dela de que gosto muito é o que publico abaixo. Mas são vários os seus trabalhos, igualmente bonitos. No momento Paula acaba de publicar seu terceiro livro de poemas, NEVOU ESTE VERÃO. Para saber mais, click no link.Paula, desejo muito sucesso para seu novo livro.
O poema abaixo é de um outro livro de Paula, que tive o prazer de ler e tê-lo em minha biblioteca.


DESENHO
Desenho com um lapis,
acabado de afiar,
os traços que contornam
o teu rosto
onde a barba se destaca,
mas não sei desenhar
o tom da tua voz.

Talvez o pinte de azul- maresia
e o acaricie
num longo gesto,
pronunciado
Pelo bico de meu lápis,
junto à nascente
do dia
com a sofreguidão
da maré

Maria Paula Raposo
Do livro GOLPE DE ASA.

11 comentários:

Paula Raposo disse...

Obrigada Odele!! O meu beijo sentido. Solidário.

O Guardião disse...

Um golpe de asa desenhando em palavras o que o lápis dificilmente revelaria.
Cumps

Paulo - Intemporal disse...

______________________________ e

porque o tempo é de reflexão

____________ faço uma p.a.u.s.a.

no efémero dos dias [...]

e deposito aqui votos de uma Páscoa feliz e amplamente renovada.

____________ um a.b.r.a.ç.o.

sempre amigo e APERTADO!

e tão breve serei outra vez presença, com amizade e devoção

[...]

______________________________ .

Å®t Øf £övë disse...

Odele,
Sigo a Paula Raposo desde o seu inicio pela blogosfera, e também sou seu admirador desde essa altura. Por isso parece-me justissimo este destaque que lhe dás, à semelhança do que eu próprio já fiz num dos meus espaços.
Beijinhos.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Também sou admiradora de Paula Raposo e acho justíssima esta homenagem.


Obrigada, Odele

Maria Emília disse...

Que bom ter vindo fazer-lhe uma visita. Fiquei a saber dos livros da Paula que não sabia. Obrigada pela sua solidariedade.
Um grande beijinho,
Maria Emilia

São disse...

Gostei, muito.
Bom fim de semana.

Sei que existes disse...

Nunca li nenhum dos seus livros... Obrigada pela partilha!
Beijo grande

Alice Matos disse...

Belo poema, Odele...

Fiquei curiosa por conhecer melhor a poetiza...

Beijo para ti e um carinho muito especial para Flávia...

A Teoria do Kaos disse...

Olá,

Gostam de animais?

Então visitem o Grupo Animais em Portugal

http://groups.google.pt/group/animais_portugal?hl=pt-PT


Cumprimentos,

vagabundo disse...

Pinta!...
Que da maneira que o tens escrito
No teu desenho fiquei bonito
E da maresia adoro o cheiro.
E que sôfrega seja a carícia feita
Pelo bico do teu lápis,
E meiga...
Como meigas me correm as mãos…
Pelas ondas,
De teu corpo inteiro.