segunda-feira, 18 de agosto de 2008

O AMOR A NOS APROXIMAR.

Photobucket

A frase abaixo foi deixada por João Vicente Lavieri no mais recente post do blog FLAVIA, VIVENDO EM COMA, que como a maioria de vocês sabem, é minha filha que está em coma vigil irreversível há mais de 10 anos, porque teve seus cabelos sugados por um ralo de piscina funcionando de forma irregular.

João Vicente fala de algo em que tenho uma fé muito forte: Tenho fé no amor. Ele menciona o meu amor de mãe, mas quero deixar aqui registrado a minha fé não só no amor de mãe, mas no amor entre as pessoas. Acredito sinceramente, que é o amor que nos une que noz faz atravessar fronteiras e lutar lado a lado pela mesma causa. Este blog por exemplo é de Portugal e eu, brasileira, fui convidada, já há algum tempo, a escrever aqui, sobre a causa de Flavia. E este convite é por mim interpretado como um gesto de amor de meus amigos portugueses para comigo e a causa de minha filha. E é por este amor fraterno que estou confiante de que no próximo dia 15 de Setembro, mais pessoas e mais países ficarão conhecendo a história de Flavia, e minha luta para ver respeitados os direitos de minha filha. E meu alerta para o perigo existente nos ralos de piscinas. E minha insistência, em exercer, em meu nome e em nome de Flavia, a nossa cidadania.

Conto com sua participação nessa Blogagem Coletiva por JUSTIÇA PARA FLAVIA.
Muito Obrigada.

João Vicente Lavieri, é autor do blog CAMINHO LIVRE, do Brasil.

João Vicente Lavieri disse...
Dizem que a fé move montanhas. E amor de mãe, então? Odele está movimentando o mundo. Uniu Brasil, Espanha, Portugal, Africa e outros numa só luta.Quais suas armas? Uma só: o amor.Que vença. Que se faça justiça!Conte comigo.Joao Vicente
Domingo, Agosto 17, 2008

======================

João Vicente, obrigada por juntar-se a essa corrente de amor em torno da causa de Flavia.

11 comentários:

M.M.MENDONÇA disse...

Ainda não confirmei no blogue respectivo a minha adesão mas é evidente que adiro. É uma obrigação moral, de quem ainda se considera gente, mostrar que ainda há solidariedade e amor entre as pessoas e que os actos humanos que têm consequências funestas sobre terceiros, não devem ficar impunes.
O amor é isto: Acudir ao chamamento de quem grita, sem vacilar e sem estarmos cansados.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Odele
O amor vence todas as barreiras e puxa sempre mais amor.
Haverá uma grande blogagem colectiva que agora só está em embrião devido ao período de férias.
Porém, estou em crer que todos unidos daremos uma lição ao mundo de quanto pode o amor, seja em que lugar for da terra e vencendo barreiras e oceanos.
E daremos também uma lição àqueles que comercializam ou produzem equipamentos que interferem com a segurança sem se preocuparem com os danos que podem provocar a coberto das influências que, em toda a parte do mundo, aliviam os mais poderosos em prejuízo dos mais fracos.

Beijos

Å®t Øf £övë disse...

Odele,
Não tenho a minima dúvida de que esta corrente se vai tornar numa enorme onda que vai percorrer toda a blogosfera. Tu e a tua filha merecem tudo isto e muito mais pelo exemplo que dão, e que pode e deve ser seguido por muitas outras pessoas.
Bjo.

Arnaldo Reis Trindade disse...

Odele,
não há muito a ser dito, mas espero que a força do amor ou a fé no mesmo nos mantenha unidos para que possamos juntos vencer nossas batalhas, pois juntos mesmo q ue distantes somos muito mais fortes do que sosinhos, boa semana pra vocês

JOY disse...

Olá Odele

Tenho acompanhado este caso, e faço questão de transmitir a minha solidariedade, e desejar que este caso tenha um fim justo. Sou um crente ferveroso do ditado que diz que a UNIÃO FAZ A FORÇA , que esta força se concentre na Flávia.

JOY

Tony Madureira disse...

Olá,

Não tenho muito a dizer...
Espero muito que vençam esta batalha.

Beijinho solidário

Oliver Pickwick disse...

Estive por quase dois meses ausente da blogosfera, por este motivo só agora apareci. Endosso a sua causa e, parafraseando o João Vicente: que vença o amor.
Agradeço-lhe pela visita, além das palavras gentis deixadas lá no condado.
Que a força [e o amor] esteja sempre com você.
Um beijo!

MR disse...

Belo comentário. O amor verdadeiro não se verga. Cresce, salta livre por aí... sem olhar a quem!
O amor deve existir dentro de cada casa. Dentro de cada um. Se tiveres amor, mesmo cansado, da-lo-ás sempre. Se não tiveres amor, não tens alma. Vais para qualquer lado sem estares em lado algum.
Importa viver com amor. E amor é viver em liberdade e responsabilidade. É querer o bem dos outros sem pensar em nós.

Que a Justiça esteja convosco. Que a Fé vos acompanhe e que a Flavia acorde. A justiça tem a obrigação de ACORDAR!

Bjs Flavia - estou contigo em pensamento

Mac Adame disse...

Acabo de regressar de férias e estou a leste. Vou-me informar sobre essa blogagem colectiva para saber exactamente o que é. Entretanto, espero que a batalha seja vencida.

Analía disse...

Hola amiga. Pasé a saludar. Espero que te encuentres bien. Besitos

João Vicente Lavieri disse...

Odele, não há o que agradecer. O que digo e faço vêm do coração.
Você e sua luta são um exemplo para mim e para muitos.
Repito, conte sempre comigo. Se houver algo mais que eu possa fazer, diga-me.
Um beijo grande,

João Vicente