domingo, 17 de fevereiro de 2008

O QUE ME ACONTECEU


Em primeiro lugar, quero agradecer a todos os amigos, que preocupados comigo deixaram mensagens de apoio e demonstraram o carinho que sentem por mim.
Eu nunca bati bem da carola, e a vida para mim é apenas uma passagem temporária pois não pertenço a este mundo, e daí levá-la a brincar.
Sou adicto ao tabaco, vício que apanhei devido aos incentivos que o Estado Português, tinha para os seus militares oferecendo tabaco a preços irrisórios, talvez para aliviar o stress da guerra colonial. Whisky barato também, mas desse vício livrei-me há já alguns anos e não bebo álcool. Espero encontrar na blogosfera um jurista que levante um processo-crime contra o estado, que me deveria pagar uma choruda indemnização que me permitisse viver os últimos anos de vida sem dificuldades financeiras. Algum voluntário?
Vou explicar-vos o que me aconteceu e a intervenção cirúrgica a que fui submetido.
A imagem a seguir mostra o sistema cardiovascular:



A vermelho pode ver as artérias coronárias que vão directas ao coração e em condições normais deixam o sangue passar livremente alimentando o músculo cardíaco. Com os anos e uma vida desregrada essas artérias vão sendo obstruídas com depósitos de gordura e outras substâncias, podendo bloquear a passagem do sangue. O uso do tabaco, colesterol elevado, tensão arterial alta, diabetes, obesidade, uma vida com pouco exercício físico e o stress são as principais causas para o desenvolvimento da doença.
No meu caso a artéria direita tinha um bloqueio de 99% e a parte esquerda um bloqueio de 90%.
Para resolver o problema os médicos, fizeram-me uma angioplastia coronária colocando um stent que é um tubo em rede metálica que vai impedir que as artérias voltem a ficar mais estreitas, permitindo com essa técnica que o sangue circule livremente de novo.
Dentro de um mês vou de novo arranjar as duas artérias no lado esquerdo que têm um bloqueio de 90%. Poderão utilizar o mesmo método ou então fazerem uma cirurgia mais complicada onde tiram veias da perna ou de outra parte do corpo, e as enxertam no local onde existe o bloqueio, permitindo assim a circulação do sangue através dessa derivação.
A próxima imagem é elucidativa acerca da implantação do stent.



O que vou fazer no futuro, para ter uma vida saudável será cuidar da minha alimentação, evitar o stress, fazer exercício físico diário com caminhadas, peso estou bem, tenho de controlar o colesterol que é a parte mais complicada pois ele é fruto da terapêutica retroviral , e quanto ao tabaco e ao café….está a andar bem, passo um pouco os 3 cigarros dia que eram a minha meta aproximando-me dos dez. Tomo um café, no máximo dois por dia mas peço para deixarem correr a bica um pouco e bebo um ou dois golos para ficar com o gosto na boca.
Gosto de viver, e esta é a maneira que acho razoável, para continuar a minha vida sem grandes sobressaltos. Quando era puto, a cultura do nosso povo arreigada à igreja católica ensinou-me que as meninas bem comportadas iam para o céu. As mal comportadas iam a qualquer lugar digo eu, e não quero estar condicionado nem me interessa de momento ir para o Céu.
Obrigado amigos por todo o vosso apoio e carinho. Prometo ainda andar por cá mais uns anitos para vos dar cabo da carola. Kisses & Hugs
Raul Rudoisxis

19 comentários:

SILÊNCIO CULPADO disse...

Raul, meu amigo.
Uma explicação útil e que dá para perceber. Depois comento com mais calma porque apanhei uma gripe valente.
Beijinhos

Ru2x disse...

Já tinha lido sobre essa gripe,algures por aí e ia enviar-te um mail.Rápidas melhoras, é o que te posso desejar.
Beijos

Templo do Giraldo disse...

Passei por aqui a dar uma olhadela. gostei do espaço. bom fds.

saudações.

♥Coragem disse...

Fico completamente extasiada (sim a palavra correcta)da forma como encara a vida.
Beijinho carinhoso

Odele Souza disse...

Raul,
Cuida de teu coração meu amigo.Pessoas como você ensinam outras sobre a arte de viver. Tens que ficar por aqui ainda muitos e muitos anos. Além disso, ainda és um menino.

Um beijo.

parvinha disse...

Estava a ler o post e já sabia que era o Raul.

Querido vê lá se não abusas, o coração é um assunto delicado, vamos ter calma!

Beijinho Grande

Laurentina disse...

É não te cuides não e depois diz que o toucinho tembichooo!!
Cuidadinho jovemmm e atende o caraças do telemovel

beijão grande para ti e obrigadão pelo cuidado

São disse...

Bom sinal o de já estar aqui a falar connosco!
Ainda bem que está com ânimo!!
Feliz semana e rápida recuperação.

René disse...

ru2x

Cuida-te amigo porque fazes muita falta a todo este pessoal.

Um abraço

amigona avó e a neta princesa disse...

Raul, obrigada pela lição...espectacular! Estamos todos torcendo para que continues conseguindo cumprir as metas a que te propuseste....o que interessa é que te sintas feliz! beijo, amigo...

ABEL MARQUES disse...

Amigo Raul
Fico contente que esteja a ultrapassar essa fase difícil mas olhe que tem que ter cuidado. A vida pode ser muito gratificante e você tem ainda muito para dar.
Um abraço

Robin Hood disse...

Oh homem você é demais! Então em vez de descansar está aqui a escrever e logo um post científico de alta envergadura?
É fundamental ler e perceber a informação mas, oh homem dum raio, descanse lá um pouco e veja se melhora que quero lê-lo durante muitos anos e bons.
Abraço

M.M.MENDONÇA disse...

Raul
Está tudo muito bem explicadinho mas não queira dar o passo maior que a perna.
Descanse porque a vida espera por si e nós também.
Um abraço e rápida recuperação.

Joseph disse...

Raul
Estás autorizado a dar-nos cabo da carola mas tens é que tratar-te para conseguires fazer isso.
Um abraço e votos de rápida recuperação

Mary disse...

Caramba, homem, tenha cuidado.
Queremos Raul por muito mais tempo.
Bjs

Louise disse...

Raul
Uma boa descrição dum homem valente, um pouco louco, mas maravilhoso como ser humano.
Melhoras e uma beijoca

Zé Povinho disse...

Tenho acompanhado como posso o que se passou e espero que tudo corra bem, e que a próxima intervenção reponha a boa circulação.
A este espaço penso que é apenas a minha segunda visita, mea culpa.
Abraço do Zé

Filomena Ferreira disse...

Espero que o mal seja debelado e haja uma rápida recuperação.

Mário Relvas disse...

Raul,

eu ainda não me livrei do tabaco...
Curioso é que no serviço militar não fumava.Comecei a fumar mais tarde.
Apanhei uma gripe tremenda este ano, logo a seguir ao meu filho.Até os ossos das mãos e dos pés me doiam.E ainda ando a tomar expectorante!

saudações e um sorriso