terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Humanidade

Anti-prémio da humanidade -co-existência pacífica




Anti -prémio da humanidade - a sesta



Às vezes as imagens valem mais que MUITAS palavras...

(a visitar no Victor Nogueira )

8 comentários:

Sei que existes disse...

É impressionante o quanto egoistas, insensiveis e maus conseguimos ser...
Fiquei chocada e revoltada (comigo mesma e não só com os outros...)
Beijocas grandes

Laurentina disse...

Dizer o quê...e para quê??!!
Que raiva me metem estes donos do mundo preocupados que estão sempre e só com o seu umbigo.

beijão grande amiga

walter disse...

É contra isto que temos que lutar. E os donos das caganças que olhem bem para esta miséria e sintam vergonha.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Num mundo em que os 500 mais ricos consomem recursos equivalentes a 416 milhões dos mais pobres, o resultado é este. Gritemos enquanto tivermos voz.

Espaço do João disse...

A isto chama-se solideriadade mundial...Que imponentes são aqueles que tanto podem fazer e nada fazem? Mundo cão...

LUIZ SANTILLI JR. disse...

Aradeço por sua visita e comentário!
Deve-se meditar muito sobre essas imagens!
Elas mais me convencem da implausibilidade da existência de uma divindidade que a isso assiste e ignora, pois se isso a incomodasse já teria tomado providências pois, por muito menos, dizem as escrituras, no passado destruiu Sodoma e Gomorra!
Um bom dia!

Victor Nogueira disse...

Agradeço a tua visita e a tuachamada de aytenção. Mas a minha veia de «cientista» social vem sempre ao de cima. Ru j+a te conhdcia pelos teus comentários noutros blogs. Mas se reparares, só olharam para o que tu dissete, deixaram umas palavras de circunstância e nenhum dos teus comentaristas passou ou deixou marca nos meus microscópicos blogs.
De qualquer modo, o meu agtadecimento pela tua ou vossa «ajuda»
Abraço
VM

Sophiamar disse...

Num mundo em que tantos têm tudo e outros muito mais do que necessitam,outros há com fome, com dor, com doença...
Como é possível que isto aconteça? Revolta-me tanta insensibilidade, tanto egoísmo, tanta crueldade...
Custará assim tanto acabar com a fome no mundo? Quanto indignada fico ao ver imagens destas!

Gritemos, revoltemo-nos, indignemo-nos...
Beijinhossss

Quero gritar, quero lutar, quero